Um ano da morte de Marielle será lembrado com poesia em Vitória

Evento no Centro terá roda de conversa sobre literatura e resistência, sarau e venda de livros

Na noite de 14 de março de 2018, um crime chocava o Brasil: o assassinato da vereadora do Rio de Janeiro Marielle Franco (Psol), junto com o motorista do carro em que estava, Anderson Pedro Nunes. Mulher negra, feminista, lésbica, nascida na favela, Marielle virou um símbolo de resistência pelo país. Um ano depois do ocorrido, o crime segue impune e deve ser lembrado em vários lugares do Brasil.

No Centro de Vitória, acontece nesta terça (12), às 19h30, o evento Marielle Semente - Poesias de Luta. Projetos ligados à literatura, como Livros por Lívia, Boas de Prosa e Editora Pedregulho, se uniram a partir da necessidade de fazer algo que marcasse a data e denunciasse a falta de respostas sobre o caso. “Pensamos em um evento que falasse sobre novas formas de resistência pautadas na literatura e de como é ser mulher e se expressar nos dias de hoje. Juntas vamos falar sobre estratégias de união e como nos fortalecer ainda mais”, explica Lívia Corbellari, uma das organizadoras.

O evento acontecerá no espaço Trapiche Gamão e terá uma roda de conversa sobre literatura e resistência tendo como convidadas Tamyres Batista, estudante de Ciências Sociais e escritora, e Julia Ramos, de 16 anos, integrante do coletivo Nísia e vice-campeã do Slam Nacional Interescolar, que reúne jovens estudantes do país num campeonato de poesia e performance.

Em seguida haverá sarau com microfone aberto. Durante o evento, estarão à venda 23 de livros de autores do Espírito Santo (confira abaixo a lista)

AGENDA CULTURAL

Marielle Semente - Poesias de Luta

Quando: Terça-feira, 12 de março, 19h30

Onde: Trapiche Gamão - Rua Gama Rosa, 236, Centro de Vitória

Entrada gratuita

Programação:

-Roda de conversa sobre literatura e resistência com as escritoras Tamyres Batista Costa e Julia Ramos (mediação por Lívia Corbellari)

-Sarau com microfone aberto

-Venda de livros de autores e autoras capixabas

Sobre as escritoras:

Tamyres Batista Costa é estudante de Ciências Sociais (Ufes). Integrou a publicação “De Zacimbas a Suelys: Coletânea Afro-Tons de Expressões Artísticas de Mulheres Negras no ES” e a coletânea “Elas em órbita”, ambos lançados em 2017. Atuou como assistente de produção no projeto “Elisas - Oficina literária para meninas” (Secult-ES, 2017). Tamyres compartilha alguns de seus poemas no blog flor-indigo.tumblr.com e ainda na sua linha do tempo do Facebook. Tem lutado para garantir o direito de fabular e habitar dentro do próprio sonho.

Julia Ramos, de 16 anos, estuda em Terra Vermelha e participa do coletivo Nísia, um coletivo feminino que surgiu da necessidade das meninas em ter um lugar para conversar sobre assuntos do cotidiano e sobre a luta por seus direitos. Escreve literatura há dois anos e, em 2017, foi vice-campeã do Slam Nacional Interescolar. Encontrou na poesia uma forma de falar tudo que a sociedade precisa ouvir.

Livros à venda no evento:

ϟ Memória das Ruínas de Creta, de Bernadette Lyra - R$ 50

ϟ O Jogo dos filmes, de Bernadette Lyra - R$ 30

ϟ Arquitetura do nada, de Nayara Tognere - R$ 5

ϟ A última peça, de Karina Heid - R$ 20

ϟ Projeto Elisas - Elas em Órbita - R$ 15

ϟ Projeto Elisas - Algodão-doce - R$ 15

ϟ Quiche, de João Chagas - R$ 30

ϟ Cortes Lentos, de Isabella Mariano - R$ 20

ϟ O mundo de cá, de Juane Vaillant - R$ 20

ϟ Nix: microfone por tubos de ensaio, de Wagner Silva Gomes - R$ 40

ϟ Música no corpo de fuga, de Fabricio Fernandez - R$ 10

ϟ Planeta Saudade, de Antonio Rocha Neto - R$ 30

ϟ Conjunções & esquinas, paralelas & bifurcações, de Pedro Demenech - R$ 10

ϟ Além das pernas,, de Aline Dias - R$ 20

ϟ A única coisa que fere é manhã pós amor, de Aline Dias - R$ 20

ϟ O arquiteto cego, de Ruy Perini - R$ 20

ϟ A máquina do tempo, de Anaximandro Amorim - R$ 20

ϟ Boneca: atrás da feição oCa, de Hugo Hugo Estanislau - R$ 20

ϟ Não há remédio certo, de Ruy Perini - R$ 35

ϟ Umbigada nau, de Carlos Poleze - R$ 25

ϟ O abismo do inexplicável, de Thiago Ribeiro - R$ 30

ϟ Dissonâncias, de David Rocha - R$ 20

ϟ Bichos que habitam as frestas, de Eduardo Madeira - R$ 20.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
1 Comentários
Matérias Relacionadas

Majeski é o mais votado, mas Assembleia tem onda militarista

Metade da bancada foi renovada. PSL de Bolsonaro elegeu quatro nomes

À espera do novo

A campanha mostra que a renovação na política ainda demora a chegar no Estado e também no País

ES sem PH?

A Era PH pode estar indo embora, mas difícil, mesmo, é acreditar que ele vai junto

Decisão de Pedro Valls que ordena banho de sol a presos é um marco no ES

Para militantes, o sistema prisional capixaba, que se apresentava como modelo para o Brasil, ruiu