Sucessão de 2020 em Cariacica sinaliza para quatro pré-candidaturas   

O prefeito Juninho conta a favor de seu candidato, Sandro Locutor, um ousado programa de obras públicas

A movimentação em torno da sucessão em 2020 do prefeito de Cariacica, Geraldo Luzia Júnior, o Juninho (PPS), atualmente no segundo mandato consecutivo, concentra as articulações no município em quatro pré-candidaturas com mais chances de vitória, segundo os meios políticos, que tentam unir diferentes blocos.

De um lado, um grupo vai se formando tendo o deputado estadual reeleito Marcelo Santos (PDT) na liderança, com o apoio do governador Renato Casagrande (PSB); de outro, o presidente estadual do Pros e candidato derrotado à Câmara, Sandro Locutor, com o aval do atual prefeito, e que nas últimas eleições atingiu a 27,8 mil votos no Estado, sendo 11,4 mil em Cariacica.

As parcerias ainda não estão formalizadas, mas as conversações estão bem adiantadas e seguem nessa trajetória. Outro pré-candidato é o Subtenente Assis, aposta do PSL do presidente Jair Bolsonaro, comandado no Estado pelo secretário geral da Casa Civil do governo federal, Carlos Manato. Assis foi candidato ao Senado em 2018 e alcançou mais de 200 mil votos. 

O quarto nome sinalizado seria o do deputado federal reeleito Helder Salomão (PT), ex-prefeito do município e principal liderança do seu partido no Estado. Voltado inicialmente para o novo mandato, Helder é a estrela do PT no Estado, mas tem voo solo que pode pousar na disputa municipal. Com densidade eleitoral sedimentada, Helder obteve 32,6 mil votos no município - do total de 73,3 mil - nas eleições de 2018, apesar da movimentação contra seu partido, em nível nacional, e dos conflitos internos registrados no diretório petista no Espírito Santo. 

Além de Marcelo Santos, que somou 8,3 votos no município em 2018 - de 19,5 mil -, e Sandro Locutor, o mercado comenta ainda outros nomes, mas com reduzidas chances de êxito. São eles os deputados estaduais Euclério Sampaio (DC), reeleito, que contou em Cariacica com 3,5 votos - de 21,6 mil  - em 2018, e Janete de Sá (PMN), também reeleita, com marca de l,9 votos - de 20,4 mil - índice considerado muito baixo para a disputa municipal.

A aproximação de Juninho com Sandro Locutor é vista no mercado político como forma de o prefeito manter a postura independente, característica de sua gestão. Nas últimas eleições, ele se articulou ao lado do ex-governador Paulo Hartung, sem, no entanto, fechar a portas de diálogo com o governador Renato Casagrande, respeitando a coligação de seu partido, o PPS, com o PSB do governador.  

A seu favor, conta com um programa de obras públicas em andamento em todo o município, com recursos de um empréstimo contraído junto à Caixa Econômica Federal em 2018, de cerca de R$ 100 milhões.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
3 Comentários
  • André , quarta, 20 de março de 2019

    O Século Diário não está levando em consideração um nome forte em Cariacica - Drº Heraldo Lemos - Pré Candidato a Prefeito no Município de Cariacica. Por três vezes vereador e por duas Presidente da Câmara. Cariacica precisa de renovação, Cariacica precisa de alguém que cuide e saiba como cuidar da saúde, da educação, e o nome dessa pessoa é Drº Heraldo Lemos.

  • Diego , quarta, 20 de março de 2019

    O único nome que pode mudar Cariacica é do Subtenente Assis. Marcelo, Helder, Sandro e Marcos Bruno, são tudo farinha do mesmo saco.

  • Jair , segunda, 27 de maio de 2019

    Dr. Heraldo Lemos. Esse nome tem que ser lembrado!