Jorge Silva ganha apoio do Solidariedade para disputar Prefeitura de São Mateus

O ex-deputado federal Jorge Silva temia investidas de lideranças emergentes ao seu partido

O ex-deputado federal Jorge Silva, presidente estadual do Solidariedade (SD), que não conseguiu se reeleger em 2018, se articula para concorrer em 2020 à Prefeitura de São Mateus, norte do Espírito Santo, e ganhou o apoio do Diretório Nacional do partido, afastando investidas de grupos políticos interessados em controlar a sigla no Estado.

Nesta segunda-feira (22), ele recebeu a informação do secretário-geral da sigla, Luis Antonio Adriano, que está em Vitória, para trazer “tranquilidade ao Dr. Jorge e confirmar que o partido, no Espírito Santo, não vai mudar”. 

Com esse quadro, o ex-deputado poderá partir para novas alianças e, segundo sua assessoria, “transformar o partido, que ainda tem muito a cara do Manato”, uma referência ao ex-deputado federal Carlos Manato, hoje no PSL, fundador do partido no Espírito Santo, que deixou para coordenar a campanha do então candidato Jair Bolsonaro.   

Na manhã desta segunda-feira, Jorge Silva e o secretário geral do SD visitaram o presidente da Assembleia Legislativa, Erick Musso (PRB), que se movimenta como pré-candidato ao governo do Estado em 2022 e busca alianças para garantir densidade eleitoral nos municípios. São Mateus possui 83 mil eleitores. 

Sem obter êxito na reeleição, mas com uma votação em torno de 28% (15,2 mil votos) em São Mateus, Jorge Silva viu o Solidariedade ser alvo de articulações políticas emergentes, em busca de um partido que possibilitasse partir para voos mais altos, a fim de garantir a disputa à Prefeitura de Vitória e até ao governo em 2022. 

Os meios políticos apontam, entre essas lideranças, insatisfeitas em seus partidos, o prefeito de Vila Velha Max Filho (PSDB) e o senador Fabiano Contarato (Rede).

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Sérgio Sá anuncia pré-candidatura à Prefeitura de Vitória

O vice-prefeito, do PSB, se coloca em oposição ao candidato de Luciano Rezende, deputado Fabrício Gandini

Ex-deputada e o irmão articulam legenda para garantir disputa em Guaçuí

A ex-deputada Fátima Couzi esteve afastada da política por mais de 12 anos

Com dois votos favoráveis a Daniel da Açaí, julgamento é adiado no TSE

O prefeito de São Mateus foi cassado em 2017 por abuso de poder econômico; placar agora está 2 x 1

Majeski reafirma perseguição e diz que pode concorrer em Vitória pela Rede

Deputado aponta que as barreiras são em decorrência de um ''mandato altamente transparente''