Empresário Luiz Pastore assume cadeira de Rose no Senado

Senadora capixaba tirou licença de quatro meses para tratamento de saúde

O empresário Luiz Pastore (MDB) assumiu as funções da senadora Rose de Freitas (MDB) nessa quarta-feira (20), uma semana depois dela ter anunciado licença por quatro meses para tratamento de saúde.

Depois de defender, em seu discurso de posse, a reforma tributária "para gerar empregos", a consolidação do pacto federativo e uma agenda pautada no tema sustentabilidade, ele garantiu, nesta quinta-feira (21), dar continuidade à política municipalista da senadora Rose de Freitas. 

Embora resida em São Paulo, Pastore afirmou "ter uma história de amor com o Espírito Santo" e disse ser grato por "este momento de poder ajudar o meu Estado". E acrescentou: "Pretendo continuar esse trabalho, especialmente nesta ocasião muito forte em que o Espírito Santo está sofrendo com as chuvas e tanta gente está desabrigada".

Filiado ao MDB de Vila Velha desde 1986, Pastore é o primeiro suplente da coligação e tem empresas no setor de importação e transformação de cobre e alumínio. Também já foi suplente do ex-senador Gerson Camata (1941-2018) e chegou a assumir mandato no Senado entre 2002 e 2003.

Ao anunciar sua licença, Rose de Freitas, que atua no Congresso há 38 anos, explicou que há dois anos enfrenta dificuldades de locomoção. Recentemente, após uma sequência de exames, descobriu ter uma infeção por riquétsia, tipo de bactéria que pode ser transmitido por picadas de carrapato. Ela lamentou o baixo investimento do país em pesquisa científica, razão pela qual há poucos infectologistas em atuação no Brasil.

Desde que a senadora foi eleita, especulações no mercado político indicavam o desejo de Pastore ocupar a cadeira durante parte do mandato de oito anos. O empresário é dono da Copper Tranding, responsável por boa parte do financiamento da campanha de Rose, ao todo R$ 1,21 milhão.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
1 Comentários
Matérias Relacionadas

Retrospectiva Ambiental 2019 - Juntos SOS

Segundo trimestre: CPI levanta irrefutáveis informações para pedir nulidade dos TCAs e da licença da Vale

Rose de Freitas anuncia em plenário licença do mandato por quatro meses 

Período será utilizado pela senadora para cuidados da saúde; o empresário Luiz Pastore assume a cadeira

Proposta que torna feminicídio imprescritível é aprovado em Comissão do Senado

Rose de Freitas destacou casos de violência contra a mulher no Estado. Proposta segue pro Plenário

Rose de Freitas diz que reforma da Previdência é 'uma urgência que o país pede'

Parlamentar evitou se posicionar mais claramente sobre a proposta, que chegou ao Senado nessa quinta