Festival Cultural LGBTI+ abre a Semana de Cidadania da Serra

Grupo de dança Motumbaxé é uma das atrações neste sábado no Centro Cultural Eliziário Rangel

Nos preparativos para o XII Manifesto LGBTI+ da Serra, acontece neste sábado o I Festival de Cultura LGBTI+, reunindo diversas atrações culturais das 17h às 23h no Centro Cultural Eliziário Rangel, no bairro São Diogo. Será o pontapé inicial para a Semana da Cidadania e da Diversidade.

A iniciativa do festival é do Fórum Municipal LGBTI+ da Serra, que articula a sociedade civil e reúne diferentes representações dentro do movimento, com a prefeitura municipal e o centro cultural. “O festival é importante num primeiro momento para conseguir aproximar as pessoas da comunidade LGBTI+ da Serra, para que conheçam quem somos e o que é o Fórum”, explica Mariana Vieira Ferreira, que é coordenadora de mobilização da entidade. Como o Manifesto LGBTI+, que acontece no dia 1 de dezembro em Jacaraípe é um evento de grandes proporções, o Festival de Cultura deve ser um espaço de maior proximidade para a articulação política e cultural.

Outra razão não menos importante, diz Mariana, se refere a criar espaços nos quais os artistas LBGTI+ do municípios possam se apresentar e mostrar seus trabalhos, já que muitas vezes encontram barreiras de mercado e de mídia por conta do preconceito. “A ideia é que seja o primeiro de vários eventos na mesma perspectiva que pretendemos desenvolver”, diz a coordenadora do Fórum.

As atividades no Festival começam com a transmissão da final da Copa Libertadores da América de Futebol com a partida entre Flamengo e River Plate. “O futebol foi proibido para mulheres por muito tempo e as mulheres lésbicas em especial sofreram muito preconceito para abrir caminho para que as mulheres pudessem jogar”, conta. 

Após o jogo haverá performances, apresentação de drag queens, dança e música apresentadas por artistas LGBTI+. Participam DJ Zamperlini, Dookie, Matheus Anísio, Motumbaxé, David Becy, The Four e Dudu Maravilha.

Nos dias seguintes, diversas atividades marcam a Semana, que traz como tema “Seja Diversidade, seja cor, seja luta”. No domingo (24) acontece a partir das 13h o Piquenique das Cores no Parque da Cidade, onde haverá diversas atividades como mostra de filmes, concurso de passinhos e jogos e brincadeiras como a "gaymada" e a corrida de salto alto.

Na segunda-feira (25) será feita atividade de formação sobre saúde integral da população LGBTI+ para servidores e conselheiros da área da saúde. Também acontece no dia 28 de novembro um seminário focado na questão de gênero e raça, com o título “Seminário Serra sem Racismo: como ser LGBT+ negro na sociedade atual”. Durante a semana também haverá ações com abordagens educativas por agentes de educação em saúde para prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST), HIV/Aids e hepatites virais, com foco na juventude LGBTI+, atividade realizada em parceria com a Associação Gold.

A culminância da Semana da Diversidade e Cidadania é justamente no dia 1° de dezembro, com a realização do XII Manifesto LGBTI+ da Serra, de 14h às 22h, na Praia de Jacaraípe.

AGENDA CULTURAL 

Festival de Cultura LGBTI+ da Serra

Quando: Sábado, 23 de novembro, de 17h às 23h

Onde: Centro Cultural Eliziário Rangel – Rua Gonçalves Dias, 1201, São Diogo - Serra/ES.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Vitória inaugura Centro de Referência para Pessoas Trans

Iniciativa da Associação GOLD vai funcionar a partir da próxima semana no Centro de Vitória

O lugar mais underground de Vitória

Conheça a Sala Pós-Cirúrgica, espaço cultural que realiza eventos com música autoral e artes visuais

Em 'Resquícios', a natureza é a escultora

Exposição de trabalhos com madeira de Henrique Luiz Custodio estreia sábado (25) no Eliziário Rangel

Atos contra a intolerância religiosa no ES são realizados em Vitória e Serra 

No Brasil, representantes de 11 religiões convocam atos por Estado laico em várias cidades