169 Publicações de Roberto Junquilho

O dia seguinte

Reeleição de Erick Musso provoca mal-estar no governo e coloca à mostra sucessão estadual

A bola da vez

As alterações no sistema previdenciário do Estado podem azedar ainda mais as relações dos servidores com o governo

A nova Cruzada 

As chamadas igrejas evangélicas sustentam um poder político e econômico que privilegia a desigualdade social

De golpes e líderes

A libertação de Lula representa uma reação à onda fascista não só no Brasil, mas em toda a América Latina, agravada com o golpe na Bolívia

A democracia em queda

Ameaça à democracia coloca incertezas que atingem uma dimensão tal a ponto de gerar dúvidas sobre a realização das eleições 2020

Balaio eleitoral

Partidos e lideranças políticas buscam delimitar território para as eleições de 2020 e já se articulam para a sucessão de Casagrande

Desamparo social

O desconhecimento das circunstâncias favorece as teses enganadoras e estimula o desamparo social

A impunidade é o mal

Denúncias dos deputados contra empresas infratoras instaladas no Estado revelam o alto nível de impunidade

Anormalidades aceitáveis

Os esforços para garantir recursos para campanhas eleitorais colocam em evidência distorções da velha política

Tragédia brasileira

A morte da menina Ágatha, com um tiro de fuzil, faz parte de uma semana de tragédias que ampliam a cenário caótico no Brasil

Comunicação pública?

A confusão sobre o que é público e privado favorece o uso indevido dos meios de comunicação oficiais pela classe política

No império da violência

O estranho estímulo à violência formulado pelo deputado Capitão Assumção traduz o cenário de horror em que o Brasil foi colocado

Frutos eleitorais do desfile

A visibilidade gerada no desfile de 7 de Setembro não resulta em bons frutos quando se trata das articulações políticas

A agenda dos servidores

As reivindicações são plenamente justificáveis, em especial as salariais, mas possuem ingredientes político-partidários alimentados pelo PSL

Os 'bundões' estão na vez

A redução do número de manifestantes pró-Bolsonaro e Moro é uma demonstração que a derrocada do governo pode estar próxima