Ufes terá um dia inteiro de atividades sobre questão indígena

Evento Aliança indígena acontece na próxima quarta-feira com filmes, debates e atividades culturais

Na semana em que se comemora o Dia do Índio, um dia inteiro de atividades será realizado na Universidade Federal do Espirito Santo (Ufes), na próxima quarta-feira (17). O evento, chamado Aliança Indígena, busca servir como espaço de integração entre a cidade e a população indígena que vive nas aldeias ou em outros locais.

Com uma programação diversa de 8h às 20h, haverá mostra de filmes, debates, lançamento de livros, apresentações culturais com atividades, exposição de fotos, mostra de dança, pintura corporal e também atividades ligadas à espiritualidade.

Na abertura das atividades haverá uma mística guarani coordenada por Werá Djekupé (Marcelo Guarani), apresentação da banda de congo Tupinikim de Caieiras Velha, pintura corporal indígena kayapó e abertura da exposição Tebi’u Eté, de Syã Fonseca e Raquel Lucena, que mostra elementos da culinária guarani.

Após as primeiras apresentações, a mesa de abertura, às 9h, terá como centro o feminino, com o tema  “Mulheres indígenas: saberes e ancestralidade nos tempos atuais”, com presença de mulheres Tupinikim e Guarani do Espírito Santo e com a convidada especial Aline Kayapó, ativista dos direitos indígenas e das mulheres.

Às 11h, a proposta é abrir espaço para mostrar projetos e trabalhos acadêmicos realizados em parceria com aldeias indígenas do Espírito Santo. É o caso do projeto As Práticas Integrativas e Complementares Integradas à Saúde Indígena; da dissertação "Os Tupinikim e o meio ambiente: uma reflexão e seus retratos"; e da cartilha "Tebi’u Eté – Alimento Sagrado Guarani", com presença dos responsáveis por cada uma dessas iniciativas.

Ao meio-dia, a mostra de filmes indígenas apresentará oito filmes de curta-metragem que mostram realidades e conhecimentos dos povos indígenas do Espírito Santo e de outros estados do Brasil.

Durante a tarde, a partir das 14h, a mesa mais política do evento trará como tema Direitos Adquiridos e Direitos Violados, com presença de Paulo Tupinikim (Apoinme), Josi Tupinikim (liderança indígena local), Toninho Guarani (cacique guarani), Iriny Lopes (deputada estadual, PT), Maria Gabriela Agapito (defensora pública) e o professor doutor Edson Kayapo (Ifes Porto Seguro- BA).

Logo depois, será discutida a relação entre o indígena e a universidade, com participação dos alunos e professores indígena do Projeto de Licenciatura Intercultural Indígena (Prolind/Ufes) e da ação Saberes Indígenas na Escola.

A noite do dia 17 será aberta com a apresentação de dois livros relacionados com a questão indígena. Lutas territoriais tupinikim, saberes e lugares conhecidos, de Arlete Schubert, e Devassa da reforma da religião da companhia nesta comarca do Espírito Santo, de Luiz Cláudio M. Ribeiro.

O fechamento da jornada de atividades será com a pré-estreia do longa-metragem Chuva é cantoria na aldeia dos mortos, no Cine Metrópolis.  A obra conta a história de um indígena krahô que se recusa a se tornar xamã e foge para a cidade, enfrentando as dificuldades de ser indígenas no Brasil contemporâneo. Em seguida será feito um debate com o professor Fabio Camarneiro, do departamento de Comunicação Social da Ufes. Este será a única atividade com custo de entrada (R$ 10 inteira e R$ 5 a meia-entrada), todas as outras ações terão participação gratuita.

A Aliança Indígena fecha um ciclo de atividades interculturais realizadas na Ufes desde o ano passado, com o a mostra Kilombo e o Pommercine, trazendo o audiovisual como ponto de partida para debates e outras atividades culturais.

AGENDA CULTURAL

Aliança Indígena

Quando: Quarta-feira (17/04), de 8h às 22h

Onde: Cine Metrópolis - Campus da Ufes em Goiabeiras, Avenida Fernando Ferrari, Vitória/ES

Programação:

8h - Abertura com atividades culturais

Apresentação de banda de congo Tupinikim de Caieiras Velha

Pintura corporal indígena nos participantes do evento

Mística Guarani com Werá Djekupe (Marcelo Guarani)

Abertura da exposição Tebi’u Eté – de Syã Fonseca e Raquel Lucena

9h –Mesa "Mulheres indígenas: saberes e ancestralidade nos tempos atuais" 

Com presença de mulheres Tupinikim e  Guarani de aldeias do ES

Convidada especial Aline Kayapó  (ativista nas causas de direitos e mulheres)

Mediação -  Prof Dra Gilsa Barcellos – Departamento de Serviço Social/UFES

Antes do início do debate será exibido o curta Kayka Aramtem , saber e tradição de um sábio Arukwayene -  de  Elissandra B. da Silva, Carina S. de Almeida, Adonias G. Ioiô e Ramiro Esdras C. Batista -  4 minutos, 2017

11h – Apresentação de trabalhos acadêmicos e culturais desenvolvidos em parceria com aldeias do Espírito Santo

1 - As Práticas Integrativas e Complementares integradas a Saúde Indígena –com a presença da autora do projeto  Dra Ana Rita Novaes(Coordenadora do Projeto/ Sesa-Es) e de Deusdéia de Souza Pego (Tupinikim da Aldeia Pau Brasil )

*Antes da apresentação do trabalho haverá a exibição do filme Semeando Saúde, de  Romulo Musiello Filho e Ana Rita Novaes – 10’  

2 -Os Tupinikim e o meio ambiente: uma reflexão e seus retratos - Dissertação de mestrado em Antropologia e Culturas Visuais -Universidade Nova de Lisboa – com a presença da autora do projeto Clara Novaes Assunção   e indígenas da aldeia Tupinikim de Comboios

3 - Tebi’u Eté – Alimento Sagrado Guarani–  com a presença dos autores do projeto Patrícia Keretxu, Raquel Lucena, Marcelo Djekupe e Nelson Barcelos

12h – Mostra de filmes indígenas

Brincando na Aldeia -  de alunos do Núcleo Animazul/Instituto Marlin Azul – 4 min, 2006

A Guerreira Gavião – de  Robson Messias/ Instituto Marlin Azul -  15 min, 2018

Konãgxeka: o Dilúvio Maxakali – de Charles Bicalho e  Isael Maxakali -  2016, 13min

Manã Bai  - de  Zezinho Yube - Revelando os Brasis/Instituto Marlin Azul - 15 min, 2006

Reikwaapa – de Marcelo Guarani e Ricardo Sá – 11 min, 2013

Arandu Nhembo'e - Em busca do saber – de Alberto Alvares – 17`- 2013

Memórias de Comboios – de Tiagkauë e jovens da aldeia Tupinikim de Comboios/ Projeto Ma’enduara  – 2014, 23 min

Tatantin Wua Retée – de Rogério Medeiros – 15 min , 1989

14h  - Mesa "Direitos adquiridos/direitos violados" 

Com a presença de  Paulo Tupinikim (Apoinme), Josi Tupinikim (liderança indígena local), Toninho Guarani(cacique Guarani), Deputada Estadual Iriny Lopes (Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Ales) e Maria Gabriela Agapito (Defensora Pública, Coordenadora Cível da Defensoria Pública do Estado do Espírito Santo)

Convidado especial Prof. Dr. Edson Kayapo (Ifes Porto Seguro- BA)

Mediação – Arlete Schubert  (doutoranda PPGE/UFES)

16h – Mesa "O indígena e/na universidade" 

Participação de alunos e professores indígenas do PROLIND UFES e da ação SABERES INDÍGENAS NA ESCOLA  

Mediação:  Prof Dra Celeste Ciccarone (Dep Ciëncias Sociais - Ufes)

18h – Apresentação de livros

1 – LUTAS TERRITORIAIS TUPINIKIM, SABERES E LUGARES CONHECIDOS

com a presença da autora  Arlete Schubert e mediação do prof Dr Erineu Foerste (PPGE-UFES)

2 – DEVASSA DA REFORMA DA RELIGIÃO DA COMPANHIA NESTA COMARCA DO ESPIRITO SANTO, com a presença do organizador   da obra Luiz Cláudio M. Ribeiro

20h – Pré-estreia do longa-metragem "Chuva é cantoria na aldeia dos mortos" – de João Salaviza e Renée Nader Messora    

Após a exibição do filme acontecerá um debate com o professor Fabio Camarneiro (Departamento de Comunicação da Ufes)  

*Todas as atividades do Aliança Indígena são gratuitas exceto a pré-estreia do filme "Chuva é cantoria na aldeia dos mortos", que tem ingressos a  R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). Estudantes da Ufes têm entrada gratuita.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Líderes de movimento estudantil discutem projeto de Grêmio Livre em Vitória

Primeiro encontro foi realizado na Câmara de Vitória com representantes do Ifes e da Ufes

Tunico da Vila lança videoclipe em homenagem à filha falecida, Madalena

Coluna CulturArte: Karol Conka em Vitória, Luz Del Fuego Festival, Lei Rubem Braga, novo espaço no Centro

Comitê em Defesa da Ufes realiza debate público sobre corte orçamentário

O evento é aberto ao público e será realizado no próximo dia 20, no Teatro Universitário, em Goiabeiras

Exposição fotográfica registra população de rua na paisagem da cidade

Emparede Contemporânea expõe imagens de Rogério Caldeira feitas no Rio de Janeiro e Grande Vitória