Novos abrigos em pontos de ônibus começam a ser instalados na Capital

Motivo de constantes queixas de usuários, prefeitura anunciou 40 abrigos em dois meses

Começou nessa quarta-feira (1º) a instalação de novos abrigos nos pontos de ônibus dos principais corredores viários de Vitória. Ao todo serão 40 abrigos, que serão implantados nos próximos dois meses, em vários pontos da Capital. A falta de abrigos e o abandono dos existentes são alvos constantes de queixas dos usuários do sistema.

O primeiro foi instalado na rodovia Serafim Derenzi, em frente ao Parque de Barreiros, atendendo a moradores dos bairros São Cristóvão, Santa Martha e Joana D'Arc.

O modelo, segundo a prefeitura, "segue padrões internacionais, com proteção de vidro e espaço para cadeirantes". No próximo ano serão instalados 38 novos abrigos e, em 2020, mais 20, promete a administração de Luciano Rezende (PPS).

Uma empresa vai pagar à Prefeitura de Vitória para utilizar o espaço com publicidade e, em contrapartida, é responsável pela manutenção”, informou o prefeito.

Em Vitória existem cerca de 550 abrigos em pontos de ônibus da cidade, mas nem todos locais têm condições de receber a estrutura, segundo a gestão municipal, pelo fato de algumas calçadas não comportarem a estrutura devido à sua largura. Se fossem instalados em locais mais estreitos, poderia comprometer a passagem de pedestres e a acessibilidade.

Transcol

Em junho a Companhia Estadual de Transportes Coletivos de Passageiros do Espírito Santo (Ceturb/ES) anunciou que 117 unidades de abrigos serão instalados para quem anda de ônibus na Grande Vitória em pontos das cidades de Vila Velha, Cariacica, Serra e Viana. A companhia analisou a situação dos cerca de cinco mil pontos de parada do Sistema Transcol e determinou as prioridades de instalação por município.

Foram priorizados os locais onde hoje não há abrigos; que têm calçadas com largura mínima de 1,5 metro; com abrigos improvisados; e próximos a polos geradores de demanda, como escolas, hospitais, unidades de saúde e universidades.

Os 117 abrigos serão distribuídos da seguinte forma: 30 em Cariacica, 30 na Serra, 38 em Vila Velha e 19 em Viana. Para isso, está sendo elaborado um convênio com as prefeituras para que, após a instalação, feita pelo Estado, os municípios assumam a manutenção dos mobiliários urbanos. Há ainda a previsão de instalação de unidades em Vitória e em Fundão, que ganhará uma linha que vai fazer itinerário até Timbuí.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Vila Velha implanta serviço para reciclar 100% do vidro coletado na cidade

Moradores, bares e restaurantes poderão dar destinação correta para garrafas descartadas irregularmente

Animais em situação de rua são tema de audiência pública em Vitória

Capital tem cerca de 40 mil cães e gatos nessa situação. Castração pública precisa ser ampliada

Vila Velha vai implantar logística reversa para reciclagem de vidro 

Projeto da gestão Max Filho, que poderá ser estendido para Grande Vitória, pretende reciclar 600 toneladas

Ceturb regulamenta uso do nome social de pessoas trans no Transcol

Normativa foi publicada a pedido da Defensoria Pública e vale para os cartões de bilhetagem eletrônica