Carnaval de Congo de Máscaras divulga programação

Tradicional evento acontece na comunidade de Roda D' Água, interior de Cariacica, no próximo dia 29

Uma das mais tradicionais festividades da cultura popular capixaba, o Carnaval de Congo de Máscaras acontece no próximo dia 29 na localidade de Roda D'água, zona rural de Cariacica. Por conta da longa distância até o Convento da Penha, em Vila Velha, o local acabou desenvolvendo um evento próprio em homenagem à Nossa Senhora da Penha, com congo, festa e devoção.


Foto: Lucas Calazans

A celebração tem início logo pela manhã, com um cortejo em homenagem à padroeira guiado por diversas bandas de congo de Cariacica e outros municípios. A saída será às 9h da Casa de Congo Mestre Tagibe, inaugurada no início do ano. De lá, os devotos e visitantes seguem até a missa congueira que acontece no campo Society, em que a música da igreja incorpora os instrumentos do congo capixaba.

Um novo cortejo leva os participantes até o Campo do América, onde acontece o restante do Carnaval de Congo de Máscaras, com destaque para o personagem João Bananeira, coberto por máscaras coloridas e uma roupa feita de palha, que teria sido usada historicamente pelos negros escravizados para poder brincar a folia sem serem notados.

Durante a tarde, uma das atrações será o encontro de bandas de congo, às 14h, com participação de ao menos 17 bandas de Cariacica, Serra, Vitória, Vila Velha e Fundão, que circulam pelo local. Os mestres de Cariacica, cidade anfitriã, também farão apresentação de suas bandas no palco. Haverá ainda shows com as Céu do Congo e Águas de Fulô e apresentação do novo álbum de Carlos Oliveira.

"A festa é muito importante para a comunidade, para nós que somos congueiros. A gente faz com muito amor, traz muitas pessoas diferentes, conhece outras pessoas", diz o Mestre Tagibe, de 70 anos, que participa das festividades desde os 10 anos de idade.


AGENDA CULTURAL

Carnaval de Congo de Máscaras em Roda D'Água

Quando: Segunda-feira (29/04), de 9h às 19h

Onde: Comunidade de Roda D'Água, em Cariacica/ES

Programação:

9h - Saída em Cortejo à Padroeira do Estado do Espírito Santo "Nossa Senhora da Penha" da Sede da Banda de Congo do "Mestre Tagibe". Cortejo entoado pelos cânticos, tambores e casacas das Bandas de Congo "São Benedito de Piranema", "Santa Izabel", "São Benedito de Boa Vista", "Unidos de Boa Vista", "Mestre Tagibe" e "São Sebastião de Taquaçuru";

10h - Missa congueira com Padre Carlos da Paróquia do Bom Jesus no campo Society próximo à Sede da Banda de Congo "Santa Izabel";

11h20 - Cortejo à "Nossa Senhora da Penha" junto as bandas de Congo de Cariacica até o Campo do América, área principal do Carnaval de Congo de Máscaras.

12h - Show de palco com a Banda "Céu do Congo";

13h - Show de palco com a Banda "Água de Fulô";

14h - Encontro das Bandas de Congo:

Cariacica: Bandas de Congo "São Benedito de Piranema", "Santa Izabel", "São Benedito de Boa Vista", "Unidos de Boa Vista", "Mestre Tagibe", "São Sebastião de Taquaruçu" e "APAE - Cariacica".

Serra: "Santo Expedito", "Jacaraípe", "Jovens de Manguinho" e "Pitanga".

Fundão: "Bandeira 1".

Vila Velha: "Beatos de São Benedito", "Mestre Alcides" e "Tambores de Jacarenema".

Vitória: "Panela de Barro" e "Amores da Lua".

17h - Apresentação no palco dos(as) Mestres das Bandas de Congo de Cariacica;

18h - Encerramento oficial com a "Ave Maria" acompanhada com tambores de Congo e show pirotécnico;

 18h20 - Show de Carlos Oliveira e apresentação do novo álbum "Ser Feliz", beneficiado pela Lei João Bananeira de Incentivo à Cultura de Cariacica.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Exposição apresenta ‘psicodelia ancestral’ no Caparaó

Em Patrimônio da Penha, esculturas de seres mágicos feitas com reciclagem compõem a Taberna das Bruxas

Luciano Rezende veta emenda que incluía 'cultura religiosa' na Lei Rubem Braga

Coluna CulturArte: show do Los Hermanos descumpre lei, samba autoral no Bar da Zilda, rumos do audiovisual

Por dentro do Museu dos Monstros em Guarapari

Cenários de filme e monstros horripilantes compõem acervo que conta parte da história do cinema capixaba

Festa vai celebrar cultura africana e afrobrasileira

Big Bat Blues Band é uma das atrações do Sikó, evento gratuito na praça de Bairro República, em Vitória