Ativistas protestam contra realização de rodeio em Vila Velha

Na coluna CulturArte tem: intolerância religiosa, navio-livraria em Vitória e história de Malala no teatro

Tortura ou cultura?

Ativistas dos direitos dos animais questionam a realização do RodeioSolidário, que acontece de 16 a 19 de maio na Prainha, em Vila Velha, com arrecadação destinada a entidades sociais ligadas a igrejas. Dizem que não são contra a realização da atividade e seus shows, mas pedem o cancelamento das ações com os animais, fazendo pressão nas redes sociais e tendo lançado um abaixo assinado online que já contava com mais de 8.575 assinaturas até o fechamento desta edição.

O prefeito Max Filho (PSDB) tirou o corpo fora e apagou a postagem que havia feito divulgando a atividade. A questão é algo complexa mas não é exclusiva do Brasil. As touradas, um espetáculo ainda mais cruel, chegaram a ser proibidas em cidades como Bogotá (Colômbia) e províncias com Catalunha (Espanha). Se trata de cultura, tradição ou de mera crueldade contra os animais?

Intolerância religiosa na Praça do Papa

O centro de umbanda Casa Nossa Senhora dos Navegantes denunciou um episódio de intolerância religiosa ocorrido na madrugada de quinta-feira (25) na Praça do Papa, em Vitória. Na ocasião, seguranças patrimoniais da praça e dos restaurantes que funcionam nela abordaram e intimidaram integrantes da casa que levavam oferendas religiosas para serem depositadas na prainha da região. Logo ali, em espaço público, na praça que recebeu um papa que se manifestou publicamente contra a intolerância religiosa. Na semana em que se realiza a festa da santa padroeira do Estado. Não dá, né? A Casa registrou ocorrência policial e realizou um ato no mesmo local na noite seguinte.

Filho de Martinho da Vila realiza show pela liberdade religiosa

Sobre o tema da intolerância, uma boa resposta em forma de arte. Sambista e candomblecista, Tunico da Vila, filho do lendário Martinho radicado em Vitória, apresenta nos dias 16, 24 e 25, sempre às 20h, seu show Sagrada Paz: todos pela liberdade religiosa. Com entrada gratuita no Teatro Universitário em Vitória, o artista vai cantar músicas que contam as histórias ancestrais e mostram a relação do samba com as religiões de matriz africana.

Forró vai virar patrimônio imaterial

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) está realizando uma pesquisa para reconhecer o forró como patrimônio cultural imaterial do Brasil. O pedido datado de 2011 busca salvaguardar as Matrizes do Forró, destacando sua raiz nordestina mas também considerando a forte presença da manifestação em outros estados que ajudam a fortalecer essa matriz tradicional, como é o caso do Espírito Santo, sobretudo por conta do movimento que gira em torno da vila de Itaúnas, em Conceição da Barra, norte do Estado. Uma pesquisa está sendo realizada pela Associação Respeita Januário em colaboração com o Iphan e deve terminar até meados de 2020. Como parte do processo, de 8 a 10 de maio acontece em Recife (PE) o Seminário Forró e Patrimônio Cultural. Com presença do Espírito Santo.

Novo livro de Francisco Grijó a caminho

Um dos mais importantes escritores capixabas contemporâneos, Fracisco Grijó vai lançar em junho um novo romance, um triller policial chamado Fama Volat. Data e local ainda por confirmar. Em outubro deve sair uma versão em e-book, em inglês e português. Escritor e professor, Grijó é o atual secretário de Cultura de Vitória. Fama Volat, em latim, se refere a uma notícia que corre rápido. Espalhe.

Navio-livraria em Vitória

Muita gente ficou curiosa com a notícia de que o Logos Hope, navio que carrega a maior livraria flutuante do mundo, iria aportar em Vitória. Com um acervo de cerca de 5 mil livros, a embarcação conta com cerca de 400 tripulantes voluntários de mais de 60 nacionalidades e faz parte de um projeto missionário evangélico. São títulos como romances, dicionários, infantis, educativos, cristãos, livros sobre culinária e liderança, entre outros. Atualmente no Uruguai, o Logos Hope vem subindo pelo litoral atlântico e deve estar em Vitória de 9 a 22 de outubro. Ficará atracado no porto aberto a visitação, com valores ainda não definidos. Enquanto estiver por aqui, a tripulação multicultural interage com a população local por meio de atividades culturais, sociais e religiosas. O Ministério do Navio começou em 1970 e já visitou quase 500 portos em mais de 150 países. A última vez que a embarcação esteve no Brasil foi em 1999.

História da jovem Malala no Teatro Universitário

Uma jovem que enfrentou o Talibã em defesa do direito à educação para as mulheres, a história da paquistanesa conquistou o mundo Malala Youzafzai e lhe rendeu o reconhecimento do Prêmio Nobel da Paz. Nos próximos dias 4 e 5 de maio, às 16h, o público capixaba terá a oportunidade de ver um pouco de sua história numa versão teatral. A peça Malala, a menina que queria ir para a escola será apresentada no Teatro Universitário. Baseado no livro da jornalista Adriana Carranca, a peça tem direção de Renato Carrera e canções originais de Adriana Calcanhotto. A obra teatral foi contemplada pela Lei Rouanet.

ABD divulga informações sobre Mostra Produção Independente

Um dos eventos mais importante do audiovisual capixaba, a Mostra Produção independente já tem data marcada: de 5 a 8 de agosto. Realizado pela Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-Metragistas do Espírito Santo (ABD Capixaba), o evento chega a sua 14ª edição com exibição competitiva de filmes, sessões paralelas com filmes convidados, debates com realizadores, homenagem, reuniões e lançamento de revista e DVD. Os produtores que quiserem inscrever suas obras, que devem ser em curta ou média duração, em qualquer formato, gênero ou data de realização, podem fazê-lo diretamente no site www.abdcapixaba.com.br até o dia 25 de maio.

Sem recursos para o audiovisual?

Falando em audiovisual, a novela dos editais para o setor no Espírito Santo ganhou mais um capítulo de tons dramáticos. Aguardado há muito pelos realizadores do setor, o que poderia representar um boom para a produção feita no Espírito Santo acabou virando um cenário de ainda mais incertezas depois que o Tribunal de Contas da União (TCU) pediu a suspensão do repasse de recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) pela Agência Nacional de Cinema (Ancine) por conta de falhas no sistema de prestação de contas. Um acordo firmado no ano passado entre a Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e a Ancine multiplicaria por quatro o valor investido pelo governo estadual com recursos do FSA. Seriam quase R$ 12 milhões em investimento, um recorde absoluto para o setor no Espírito Santo. Por conta do acordo para aumentar o valor, não foram realizados editais para o audiovisual no ano passado. 

A beleza do congo de Roda D`Água

A dica da coluna para quem pensa em ir ao Carnaval de Congo de Máscaras que acontece nesta segunda-feira (29) na localidade de Roda D`Água, em Cariacica é: se puder, chegue cedo. A parte mais bonita da festa é a procissão que começa às 9h reunindo várias bandas de congo com seus toques e cores. É o momento litúrgico, seguido de uma missa em que os tambores de congo fazem parte da banda. De tarde a festa é legal também, mas é outra coisa. Roda D' Água é afastado, mas dá para chegar de carro ou de ônibus Transcol.

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para mantê-lo ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.

Matérias Relacionadas

Bordados contam lendas indígenas na exposição Espelhos da Lua

Após imersão na Amazônia, artista plástica Gleciara Ramos expõe 130 tecidos na Galeria Virgínia Tamanini

Nova exposição de Caio Cruz aborda gordofobia

Com dez pinturas, "Gordofóbica" estreia no sábado no Centro Cultural Eliziário Rangel, na Serra

Só para garotas: arte, feminismo e solidariedade no BlasFemme

Evento beneficente acontece em Jardim da Penha unindo tatuagem, literatura, ilustração e outras linguagens

Festival Pocar terá quase 40 atrações culturais em Conceição da Barra

Cultura popular, teatro, rap, forró e circuito gastronômico estão na programação de 24 a 28 deste mês