Sugestão Netflix: Trocando Celulares

A trama demora um pouco para se desenvolver, mas depois deslancha e o filme fica divertido

Esta descontraída comédia nigeriana parece enfadonha no início. A trama demora um pouco para se desenvolver, mas quando finalmente deslancha, o filme fica divertido. 

A história começa com dois personagens principais de classes sociais antagônicas. Akin é gerente de marketing de uma multinacional e Mary trabalha como costureira numa loja de roupas sob medida. Ambos passam por problemas em seus relacionamentos. 

Mary tem dificuldades em reconciliar o tempo com a família e o trabalho na loja. Ela explica sua situação para a chefe, que compra a passagem para que a funcionária visite a família com a condição de terminar o vestido de uma cliente no final de semana no outro lado da pirâmide social.

Akin granjeia uma promoção na empresa onde trabalha e, apesar de ser odiado pelos colegas, consegue descobrir o dia e local de uma reunião secreta com a ajuda de um informante. 

Um acaso faz com que os dois se choquem no aeroporto de lagos e os celulares são trocados por um estranho durante o acidente, invertendo também seus itinerários, Mary se hospeda na casa da solitária mãe de Akin em Abuja, capital da Nigéria, e o gerente de marketing passa o final de semana trabalhando na lavoura de milho na propriedade dos pais de costureira. A experiência muda a vida deles, Akin passa a se preocupar mais com os outros e Mary ganha autonomia.

A fórmula já é velha e as atuações são, em sua maioria péssimas, mesmo assim, é interessante notar alguns tipos familiares, raros nas comédias românticas americanas, mas que cairiam como uma luva no cotidiano brasileiro, como por exemplo, o arrogante e mal-educado diretor de marketing e o funcionário, geralmente puxa-saco, que cobra por qualquer trabalho por menor que ele seja. 

Não posso dizer que trata-se de uma comédia romântica porque o romance aqui é apenas sugerido mas, apesar disso, a influência americana é inquestionável no filme. 

Comente Aqui
Confirme seu comentário no e-mail em até 48 horas para manter ativo.
Atenção caros leitores, comentários com link não serão mais aceitos. Evite ser bloqueado.
0 Comentários

Seja o primeiro a comentar.